Aromaterapia em animais


Eu sou apaixonada por animais. Tenho vários gatos que fui pegando na rua em diferentes circunstâncias.

Infelizmente, com algumas histórias tristes.

Com isso, sempre usei os recursos que tenho em casa e que uso em mim, para melhorar a vida deles.

Por isso, pesquiso muito sobre ingredientes naturais em animais. Percebi resultados incríveis com eles também!

(Claro, que eu faço também os tratamentos convencionais, pois fungos e bactérias precisam ser tratados rápido. Esses tratamentos podem ajudar e muito os tratamentos convencionais veterinários)

O primeiro foi o Tião (esse gato lindo da foto) que apareceu na minha rua. Ele já não tinha um perna, a traseira. Quando ele chegou, uma parte do osso desta perna estava exposta e sangrava sempre com o contato com o chão.

Fiz uma mistura de óleos de copaíba, azeite, jojoba, própolis, manteiga de karité e cera de abelha. Fiz uma pastinha e ficava colocando ali naquela pontinha. Com o tempo, a pele e o pelo foram nascendo em volta e protegendo a região. Agora não dá nem pra ver o ossinho.

Esse mesmo óleo também deu certo com cachorros de amigos para cicatrização de feridas,

Tenho noticias da mistura para cicatrização que uso em mim também ter dado muito certo também em cavalos e cachorros.

Essa mesma fórmula com própolis ajudou a cicatrizar também feridas de esporo nos meus gatos. Rápido, não deixando o fungo se espalhar e contaminar outros (óbvio, que sempre acompanhando o tratamento convencional).

Noutro episódio, minha gata teve uma conjuntivite muito forte, no olho que no caso dela é muito clarinho e sensível. Usei hidrolatos de rosa e hamammelis e chá de camomila para limpeza. Com água boricada, Foi impressionante como melhorou os sintomas.

Outro caso de sucesso foi um gatinho que peguei e tinha problemas graves no olho e que num certo momento teve que retirar cirurgicamente o globo ocular. Assim que ele teve alta da operação, passei a limpar a cicatriz do olho dele com jojoba e copaíba. Sem óleos essenciais nesse caso. Ele está ótimo!

Último e mais recente, foi de novo meu gato Tião, que ficou muito doente e sem respirar, espirrando muito. Tratei de colocar óleos essenciais para respiração (hortelã, alecrim, eucalipto e wintergreen) num pedaço de madeira e deixei perto dele. Ele estava também muito prostrado e sem comer, sem fazer coco ou xixi, com gazes e claramente se sentindo mal, num segundo momento fiz então a mesma coisa usando bergamota, limão, erva doce.

Além desse tratamento aromático fiz massagens na barriguinha dele também usando óleos vegetais. Foi impressionante! Atualmente ele se recupera muito bem (tomando também naturalmente os remédios que a vet mandou). Mas uma bola enorme que estava na barriga dele, sumiu misteriosamente de um dia pro outro (comprovado pela veterinária e pela ultrassonografia que ele teve que fazer).

Para usar aromaterapia com animais, é preciso ter cuidado. Use os óleos essenciais leves. E não coloque diretamente sobre o animal, pois eles vão lamber. No corpo, abuse do poder dos óleos e manteigas vegetais comestíveis, que quase todos são.

Procure ajuda de um veterinário, e observe muito o seu bichinho para poder ajudá-los.

Carinhos!

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Cosmética consciente  | cosmética natural | Sustentabilidade  |  DIY  | cosmética artesanal  |  Slow Beauty  | Beleza Sustentável  | Cosmetica criativa